Blog‎ > ‎

Melhoria Contínua - Kaizen

postado em 6 de mai de 2014 13:09 por João Flávio de Freitas Almeida

A melhoria contínua é baseada no conceito japonês chamado kaizen. Ela envolve identificar benchmarks de práticas de excelência, e estimular no funcionário um sentimento de propriedade do processo. O foco pode ser, por exemplo, a redução de refugo de uma máquina, a redução do número de acidentes de trabalho, etc. Os fundamentos da melhoria contínua são as convicções de que qualquer processo pode ser aperfeiçoado e que as pessoas mais diretamente envolvidas no processo estão em melhor posição de identificar as mudanças necessárias. A ideia é não esperar até que um problema aconteça para agir.

  1. A filosofia de melhoria contínua é um processo longo e vários passos são necessários para alcançar o êxito final:
  2. Treinar funcionários nos métodos de controle estatístico do processo (CEP)
  3. Tornar os métodos do CEP um aspecto normal das operações
  4. Formar equipes de trabalho e encorajar o envolvimento dos funcionários
  5. Utilizar ferramentas de solução de problemas nas equipes de trabalho
  6. Desenvolver o sentimento de propriedade no operador do processo

Processo de solução de problemas

Empresas usam o ciclo PDCA para solucionar problemas. O ciclo compreende os seguintes passos: 

Planejar: a equipe seleciona um processo que necessita de melhorias. Em seguida, documenta o processo selecionado, normalmente selecionando dados relacionados, define metas qualitativas para melhoria e discute vários modos de se atingir as metas. Após avaliar os benefícios e os custos das alternativas, a equipe desenvolve um plano com medidas quantificáveis para a melhoria.

Executar: a equipe implementa o plano e monitora o progresso. Os dados são coletados continuamente para medir as melhorias do processo. Quaisquer alterações no processo são documentadas e revisões adicionais são feitas quando necessário.

Controlar: a equipe analisa dos dados da fase de execução para ver se correspondem às metas definidas na fase de planejamento. Se existirem deficiências importantes, a equipe reavalia o plano.

Agir: se os resultados são bons, a equipe documenta o processo revisado e o torna padrão. A equipe pode treinar outros funcionários no processo revisado.